Translate

DA UM PLAY AI!

 ~

10/06/2020

Edi Rock dos Racionais mc´s lança o clipe Vidas Negras

Edi Rock dos Racionais mc´s lança o clipe Vidas Negras, esta musica é para o novo álbum  “Origens pt.2” há um tempo

Edi Rock diz...

Venho trabalhando em meu novo álbum “Origens pt.2” há um tempo. Comecei ano passado e agora vejo que é o momento de compartilhar uma parte do que tem sido desenvolvido, com vocês. Nada mais oportuno, já que o momento de ataques contra o povo negro pede posicionamento e atitude. No meu caso através da música, através do RAP!!! Espero que seja instrumento de inspiração, mobilização e ação. A luta é contínua... não se cale!!! “Vidas Negras Importam”





Produção de Vídeo: Policeno / Liderativo
Produção executiva: Clayton Vasconcelos
Realização: ROC7 e Som Livre

Vidas Negras
Letra: Edi Rock
Produção: Anderson Franja e Sérgio Santos

Vidas negras importam / Vidas negras suportam
Vidas negras é ópio / vigiadas por telescópio
Vidas negras de fúria / vidas negras de injúria
Vidas negras da pura / exclusão é óbito, é lógico

Vidas negras sem teto / vidas negras sem piso
Vida negra objeto / que ainda abre um sorriso
Vida negra é sútil / que nem granada e fuzil
Homem negro morre no feto / vida negra é um barril

Vidas negras em jogo / vida negra é coringa
É o ar a terra e o fogo / é o mar em uma seringa
Vida negra sou eu / é você o outro morreu
Tanto negro é pouco / o pouco junta fudeu

Vidas negras são facas / vidas negras são macas
vivendo entre as aspas / vidas negras feridas
negro ainda vive de raspas / saúde negra é fraca
Vidas negras são fortes / A gente cria uma capa

Vidas negras de milhões / niveladas mal e por baixo
Vidas negras sem cifrões / os valores vem no escracho
Vidas negras doentes / vidas negras sem mente
Vidas negras escravas / mão de obra farta e carente

Vida negra é ação / vida negra é verdade
Vida negra não mente / real e sinceridade
Vida negra de um povo / vivendo dentro de um ovo
Vida negra sorrindo / "memo" sem emprego de novo

Vidas negras superam / vidas negras esperam
Vidas negras que eram / sofridas e ainda são
Vidas negras quiseram / vidas negras vieram
Vidas negras disseram / o que hoje diz o refrão!